O que a Costa Basca Francesa nos reserva

Atualizado: 29 de ago.


foto @erwanhesry

Imagine cidadezinhas encantadoras, banhadas por um mar com vários tons de azul, ciclovias por todos os lados, adoráveis centros históricos e charmosos cafés e bares à beira mar, assim é a Costa Basca Francesa, uma verdadeira joia.


foto Sergio Diniz

Para os surfistas, o mar bravio do atlântico norte com fundos de pedras e corais, oferece uma condição especial. Para os banhistas, pequenas e apaixonantes enseadas. Para os amantes do pôr do sol, vários pontos incríveis para assistir ao espetáculo!





Esse capricho da natureza fica no sudoeste da França, perto da fronteira com a Espanha, a 1:30 h de voo de Paris.

E a estrela da região, é a famosa Biarritz, paraíso dos surfistas!



Villa Belza - foto @raph_cub

Confesso que Biarritz quebrou meu prejulgamento, me surpreendendo com sua diversidade e beleza. É uma cidade bem estruturada, glamourosa e com uma natureza viva e presente.


Suas rochas esculpidas pelo mar, criam belas esculturas naturais em contraponto com os luxuosos edifícios em art déco da década de 20


Mas antes disso, já no século 19, Biarritz tornou-se um badalado destino de verão entre a alta sociedade, com a presença de Napoleão III, que passou a frequentar o lugar com sua mulher, Eugénie.



Diário de Viagem:

Caía uma garoa fina e eu sentia muita dor no tornozelo, ainda em recuperação. Mesmo assim, já havíamos pedalado 12 km e enfrentaríamos mais 12 até em casa... meu corpo pedia descanso. Por essa razão, eu me mantinha um pouco resistente em continuar pedalando pela cidade.


Mas, aos poucos fui cedendo, pois quanto mais Biarritz se descortinava aos meus olhos, mais eu me surpreendia...




Foto: Guillaume Coupy


Coloque Biarritz na sua lista de desejos!

Passeie sem pressa pela orla, admirando a magnífica natureza e a belíssima arquitetura à beira-mar.



Você passará por lugares emblemáticos como:

- A Villa Belza, mansão neomedieval.

- O cassino, de 1929.

- O afloramento Rocher de La Vierge, um dos símbolos da cidade.

- O belíssimo Hotel du Palais Construído em 1854 e antiga residência imperial de Napoleão III e da Imperatriz Eugénia.



Aproveite para visitar também o Farol de Biarritz, erguido em 1834, com 73 metros acima do nível do mar, Sem dúvida, uma vista extraordinária.


Depois renda-se às delícias gastronômicas no Port des Pêcheurs com seus charmosos bares e restaurantes


Mas reserve tempo para o famoso mercado Les Halles, localizado no coração da cidade. Sem dúvida, um verdadeiro mergulho na vida e na gastronomia local.



Aaaah... como eu amo visitar os mercados municipais e descobrir as iguarias dos lugares!


Diário de Viagem:

Era domingo quando chegamos a Bidart, uma pequena e charmosa Vila francesa do país basco.


No caminho do aeroporto para nossa cabana, resolvemos parar no supermercado, já prevendo que o comércio fecharia em breve.


Enquanto o Gui e Serginho ficaram cuidando das malas, Lu e eu, saímos pegando sem tempo pra pensar, tudo o que poderia nos alimentar nas horas seguintes. Cogumelos, pimentões, tomates, pêssegos, pães…


Não demorou muito e no nosso encalço, um funcionário impaciente nos dizia que era hora de fechar. E enquanto nos conduzia ao caixa, conseguimos ainda alcançar alguns queijos, vinho e chocolate, mas não muito mais que isso.





De Bidart a Saint-Jean-de-Luz


Foto @erwanhesry

Pedalar pela Costa Basca Francesa é puro deleite. O caminho do litoral, de Bidart a Saint-Jean-de-Luz, nos proporciona um passeio inesquecível e com paisagens incríveis!



Alugue uma bicicleta e percorra os magníficos 9 km desse trecho! E se tiver que voltar pedalando, não se preocupe, o percurso é tão lindo que será puro prazer.

Aproveite o momento e aprecie cada cantinho, parando nos diversos pontos com vistas apaixonantes para as praias e falésias.


Faça uma pit stop demorado para um picnic beira-mar, no pitoresco porto de Guethary, ou se preferir, sente-se em um dos terraços dos bares e restaurantes dali para admirar o azul deslumbrante do oceano, enquanto degusta um bom vinho da região.


Diário de Viagem:

Depois de horas de sono pra ajustar o fuso horário, acordamos superanimados para comprar as bicicletas que nos acompanhariam pelos próximos 37 dias de viagem pela Europa.


Após escolher cuidadosamente nossas bikes, saímos da loja pedalando como quatro adolescentes, felizes com o novo brinquedo.


E lá fomos nós, rumo a Saint-Jean-de-Luz!

Passamos por mirantes com vistas deslumbrantes e no caminho, fomos surpreendidos pela pitoresca aldeia de Guethary, onde paramos para um delicioso picnic.


E só depois de transbordar todo o encanto que Guethary despertou em nós, seguimos, rumo ao nosso destino programado...

Fazer o bate e volta até Saint-Jean-de-Luz teria sido fácil, se não fosse a chuva fina e gelada que nos alcançou na volta do passeio. Mas, quem está na chuva é pra se molhar… mais ou menos né? Agradeci ter ali, meu corta vento impermeável, um excelente companheiro de viagem!



Guethary


Foto: En Pays Basque

Vento batendo no rosto, aquela sensação de liberdade e um visual magnífico do atlântico norte. Assim começou nosso pedal pelo sudoeste da França…


De repente, nos deparamos com Guéthary, uma pequena aldeia basca situada entre Bidart e Saint-Jean-de-Luz. A vila era um antigo porto baleeiro, mas que hoje tem sua economia voltada para o turismo.



É quase impossível não se encantar por Guethary e seus charmosos terraços. Ali, a natureza foi generosa em sua beleza.


Guethary foi classificada como Patrimônio Notável (SPR) e se orgulha de preservar sua tradição basca através da arquitetura, gastronomia, festas tradicionais e cantos típicos.



Guethary não estava em nossos planos. Portanto, pra nós, foi uma descoberta maravilhosa!


Se tiver mais tempo…

Anglet - Foto: Le guide du pays basque

Não deixe de visitar bela cidade de Anglet a 5km de Biarritz.


Tivemos poucas horas em Anglet, mas foi o suficiente pra eu me apaixonar por suas calçadas repletas de rosas coloridas e por sua bela arquitetura. Confesso, que adoraria ficar hospedada em Anglet.



Bayonne - Foto: Anne Pauline Galan

Visite também Bayonne, um pouco mais perto dos Pirineus e a 8km de Biarritz.


Inicialmente estava em nosso roteiro pedalar até Bayonne e passar o dia conhecendo a cidade, mas tivemos que mudar os planos. No final, fizemos uma breve passagem.



Saint-Jean-Pied-de-Port - Foto: Gilherme M. Andrade

E a apaixonante Saint-Jean-Pied-de-Port!


É nessa charmosa Vila com seu centro histórico fortificado, que começa o Caminho francês para Santiago de Compostela.


A primeira vez que estivemos em Saint-Jean-Pied-de-Port, tivemos a oportunidade de vivenciar intensamente a cidade, que pra nós se tornou muito especial. Portanto, merece um post só dela. Aguardem!!!



Foto: universidadesfrancesas.com.br


Quando ir

A melhor época é entre Maio e Setembro, quando se tem maior probabilidade de tempo bom.

Nós fomos no final de maio e calhou de pegarmos uma frente fria, um pouco de chuva, vento constante e períodos de sol até as 21:30

Coisas da natureza!



Onde ficar

Você pode escolher se hospedar em Bidart, Anglet ou Biarritz. Sem dúvida, encontrará boas opções de hotéis, hostels, Airbnb e campings.


Apesar de sempre escolhermos ficar em Airbnb, desta vez optamos por alugar uma cabana de dois quartos no Camping Eurreka, em Bidart.


Foi uma experiência muito interessante e ficamos bem confortáveis.


Esses campings estão por toda região e as cabanas geralmente oferecem 1, 2 e até 3 quartos, sala, cozinha equipada, banheiro e varanda.


https://www.camping-erreka-bidart.com/


Ciclovias

Se você quer viver uma experiência sob duas rodas, aqui você encontrará muitas informações de rotas de cicloturismo na região para se inspirar.

https://www.lavelodyssee.com/


"La Vélodyssée, a parte francesa da Rota da Costa Atlântica - EuroVelo 1, é uma ciclovia que atravessa a Bretanha e percorre o Atlântico até à Costa Basca num percurso revigorante e selvagem."
"Descubra os tesouros de nossas regiões, seguindo a ciclovia mais longa da França, totalmente sinalizada do início ao fim."


Onde alugar bicicleta

Como nós compramos as bikes, não tivemos a experiência com aluguel, mas fiz uma boa pesquisa e a Bidart bike está entre as melhores avaliações pelo Google. Segue o link, mas lembrando que tem diversas outras lojas de aluguel na região.

https://bidartbike.com/



Dica 1:

Você também pode circular de carro, trem ou ônibus, por todo o País Basco. Compartilho alguns links para consulta:


Carro:

No site da Kayak França você encontra várias opções para alugar um carro, já no aeroporto de Biarritz.

https://www.kayak.fr/location-voiture-Biarritz.14399.cars.ksp


Ônibus:

O site En Pays Basque oferece diversas alternativas para se locomover no País Basco.

Aqui você encontra não apenas as linhas de ônibus pagos e gratuitos, como também opções de trem, barco e bicicleta


https://www.en-pays-basque.fr/votre-sejour/se-deplacer/


Trem:

https://www.sncf-connect.com/


Dica 2:

Se você precisar resolver questões como chip de telefone, cambio e outros, escolha Anglet, Biarritz ou Saint-Jean-de-Luz, são cidades mais estruturadas e oferecem melhores opções.



https://www.liala.online/post/vale-do-loire


Gostou?


Veja também nossas aventuras pelo Vale do Loire


O Vale do Loire, foi o roteiro que escolhemos para uma pedalada de 8 dias, com um casal de amigos e nossos filhos adolescentes.


Um cenário fascinante, passando por cidades encantadoras e visitando castelos incríveis.









Siga-me no Instagram para mais dicas:


@lialaviagens



2 comentários