Nantes e sua eclética paisagem urbana

Atualizado: há 3 dias

Na França, a antiga cidade dos duques da Bretanha, destaca-se por sua rica diversidade cultural, onde expressões de arte contemporânea espalhadas pela cidade, convivem em total harmonia com seus prédios e monumentos dos séculos passados.


Foto @gmaphoto2020

Logo que chegamos a Nantes, deixando pra trás as encantadoras cidadezinhas do interior da França, percebi em mim, um forte senso crítico. Mas não demorou muito pra que eu me rendesse à vibrante cidade do escritor Júlio Verne.


Saindo da estação de trem, rumo a nossa estadia e presos no trânsito do fim de tarde, tive tempo suficiente para perceber que Nantes é um centro de cultura a céu aberto. Ali tudo é história e arte, o dinamismo cultural é atraente demais! E foi isso me cativou.



Foto @gmaphoto2020
Nantes é a sexta maior cidade da França e está no topo da lista dos bons lugares pra se viver.

Assim que nos livramos das malas, saímos a pé para passear... aaah, que delícia!


Caminhantes ocupavam os cafés e bares do emblemático bairro Bouffay. Moradores e turistas brindavam o verão!


O clima era de alegria e descontração... Numa mesa na calçada, duas moças riam sem parar, enquanto matavam a sede com uma cerveja gelada. No bar ao lado, um casal brindava com vinho e romantismo. Um pouco mais à frente, jovens esperavam ansiosos por seus sanduiches. Alguns transeuntes franceses conversavam animados, enquanto outros escolhiam com indecisão onde sentar... Assim é o Bouffay!



detalhes do bairro Bouffay - Fotos @gmaphoto2020



Na manhã seguinte, animados para explorar a cidade, seguimos a linha verde, um guia incomum que conduz os turistas, entre obras de arte em espaços públicos à monumentos históricos.


A linha verde é um guia pintado no chão, que conduz os visitantes aos principais monumentos, obras de arte e acontecimentos relevantes na cidade. Então, siga a linha verde!

Foto @gmaphoto2020



Como amantes de bicicleta, não demorou muito para encontrarmos as citybikes, que alugamos por 2 euros/dia. Perfeito! Fizemos o circuito verde, de forma mais dinâmica, menos cansativa e mais divertida.








Os dias que passamos em Nantes, foi um verdadeiro mergulho cultural. É incrível como a arte se espalha por essa cidade. E a cada verão, instalações temporárias enriquecem os espaços públicos, junto às obras de arte permanentes.


Foto @gmaphoto2020

Em um dos dias, aproveitamos a oportunidade de poder usar a citybike, e a convite dos amigos franceses, fizemos um percurso de 34km (ida e volta) até a pequena Ville de Mauves-sur-Loire.


Fotos @gmaphoto2020



Apesar de nossas bicicletas não serem as mais apropriadas, o caminho compensava o esforço.



Mauves-sur-Loire - Foto @gmaphoto2020

Em Mauves, paramos numa feirinha gastronômica às margens do rio Loire, com mesas, bancos e espreguiçadeiras, onde várias barracas coloridas vendiam comidinhas típicas, cervejas artesanais, vinhos orgânicos e sorvetes.


Um programa inesperado e divertido!






Foto @gmaphoto2020



Em Nantes, percorremos e experimentamos um pouco do muito que a cidade oferece, e que divido aqui com vocês.








10 lugares para visitar em Nantes



1 - Les Machines de L'Île

Foto @gmaphoto2020

A galeria das incríveis máquinas conquista todas as idades.


O grande elefante mecânico pode te levar nas costas, enquanto caminha e jorra água pela sua tromba.

Uma enorme aranha te convida para passear pelas teias.

E um dragão gigante que cospe fogo, interage com os visitantes...


A galeria das máquinas, é um verdadeiro convite para uma vivência lúdica.


Endereço: Parc des Chantiers, Bd Léon Bureau





2 - Le Lieu Unique: centro cultural



O edifício era a antiga da fábrica de biscoitos LU. Hoje é um maravilhoso centro cultural com sua torre em estilo Art Nouveau. Além das diversas exposições e palco de diferentes shows, o lugar abriga um restaurante, bar, café, livraria e até banho turco.


Sem dúvida, Le Lieu Unique é um lugar único, como diz o próprio nome.


Endereço: Quai Ferdinand-Favre








3 - Passagem Pommeraye



Essa galeria que abriga lojas de luxo, é um monumento histórico com arquitetura do século XIX.


Tem em seu interior, diversas esculturas e todo o prédio é de uma riqueza deslumbrante.


Vale a visita e até quem sabe, sentar para tomar um chá e apreciar os detalhes.

Endereço: Passage Pommeraye, 20










4 - Mercadão


Quem não ama visitar um mercadão?!

Entre frutas, verduras, roupas, peixes e especiarias, o mercado de Nantes tem também deliciosas comidinhas pra saborear.


Aproveite para experimentar um Borek, especialidade turca. Um tipo de pastel na chapa. Eu escolhi um de cogumelos e estava delicioso!


Endereço: Rue Talensac


Fotos @gmaphoto2020



5 - Arte a beira do Loire


A instalação dos 18 anéis de Daniel Buren e Patrick Bouchain, chamam a atenção de quem passa pelo estuário do Loire, mas surpreende verdadeiramente quando cai a noite e suas luzes coloridas, revelam uma verdadeira poesia urbana.







6 - La Cigale




Um luxo imperdível! Mesmo que seja só para tomar um chá ou uma cerveja.


Esse gastrobar do século XIX, em estilo Art Nouveau é ponto de encontro de artistas e de todos que querem se deliciar com a beleza de seu interior.


Um verdadeiro espetáculo de pinturas e esculturas, com uma decoração apaixonante!


Endereço: Place Graslin, 4











7 - Castelo dos Duques da Bretanha


Construído no final do século XV, por François II e sua filha Anne de Bretagne, rainha da França, essa fortaleza em estilo gótico e renascentista possui 32 salas.


O castelo abriga também um museu da história da cidade de Nantes.


Outra grande atração é a instalação de um escorregador gigante colado em uma de suas muralhas, convidando o visitante a explora-lo de forma divertida.


Endereço: Place Marc Elder, 4





8 - Jardim japonês na Île de Versailles


Foto @wlia.la

Uma paisagem composta por pequenas cachoeiras, lagoas e canteiros decorados com plantas exóticas como bambus, ciprestes, camélias e cerejeiras, reforçam o clima de paz.

Ali, casais passeiam de mãos dadas, jovens se reúnem pra tocar violão e crianças se divertem pelos caminhos de pedras...


Um lugar para visitar com calma e apreciar sua beleza e tranquilidade. Quem sabe até, fazer um belo picnic.


Endereço: Quai de Versailles






9 - O histórico bairro Bouffay

Com ruas estreitas, prédios históricos e diversas casas em enxaimel dos séculos XV e XVI, Bouffay é um dos bairros mais turísticos de Nantes.


Repleto de creperias, bares e restaurantes, esse lugar emblemático só é possível percorrer a pé, o que sem dúvida, o torna ainda mais interessante.






10 - Catedral Saint-Pierre e Saint-Paul


Eu não poderia deixar de citar esse lugar, mesmo que "ainda" não esteja aberto para visitação. Infelizmente um incêndio em julho de 2020, causou muitos estragos. Mas vale salvar a dica, pois o prédio continua em restauração e deve terminar no final de 2022.


Tivemos o privilégio de visitar essa catedral, uma construção do século XV com um interior riquíssimo. Apreciamos verdadeiras obras-primas, como:

O túmulo de François II e Marguerite de Foix, pais de Ana da Bretanha. Um grande órgão do século XVII. E os maravilhosos vitrais do século XVI.


Endereço: Imp. Saint-Laurent, 7





Procure reservar, se possível, 3 dias inteiros para mergulhar no espirito dessa cidade vibrante, cultural e eclética...assim é Nantes!


Onde ficar:

Sem dúvida você encontrará boas opções de hotéis, mas nós optamos por alugar um apartamento pelo Airbnb. Isso nos trouxe vários fatores positivos como, conforto, uma boa economia não só na estadia como também na alimentação, além dos momentos de confraternização que são sempre especiais nessa forma de estadia.


https://www.airbnb.com.br/






Leia também "Uma pérola chamada Yvoire"

A aldeia francesa medieval mais florida que já conheci.












Siga-me também no Instagram para mais dicas:

@lialaviagens


4 comentários